Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Quanto se investe no FIES no Brasil? Veja aqui os números

No final de dezembro de 2014, no auge do Verão do hemisfério sul, quando a principal preocupação de muitos brasileiros estava onde ver nas celebrações do Ano Novo, O Ministério da educação publicou um par de mudanças em seu esquema de empréstimo estudantil.

A escolha do momento pode não ter sido um acidente. As duas alterações da regra efetivamente levou um machado às Sie, o regime de empréstimos do governo que até 2014 estava financiando 40 por cento de todos os lugares de graduação na Universidade.

Muitas universidades privadas tinham vindo a depender de Sie para uma grande parte de suas receitas. Os movimentos levaram os estudantes e a gestão de universidades privadas de surpresa e se mostraram altamente impopulares.



O FIES não foi certamente o único fator que ajudou o setor de educação do Brasil a expandir-se nos últimos anos até as eleições presidenciais de 2014. O crescimento da nova classe média aumentou os gastos privados em coisas como escolas de língua inglesa e materiais de…

Últimas postagens

Os métodos de financiamento estudantil como o FIES são suficientes no Brasil?